quarta-feira, 19 de junho de 2019

terça-feira, 11 de junho de 2019

Verso em Versos na Casa de Cultura Campo Limpo​

Sábado, 15 de JUNHO de 2019 de 14:30 a 16:00
Local  Casa de Cultura Campo Limpo​
Rua Rua Aroldo de Azevedo, 100 - São Paulo
Ponto de referência Terminal Campo Limpo
Produção El Choq! Produções​
LINK DO EVENTO
https://www.facebook.com/events/2031175430518756/
MAIS INFORMAÇÕES
www.versoemversos.com.br

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Oganilu - O Caminho do Alabê de Vitor da Trindade

Oganilu, O caminho do Alabê, foi escrito nos anos de 2017 e 2018 e faz referência e reverência ao Ogan Alabê e tudo o que envolve este personagem que é o Mestre de Tambores da Orquestra dos Orixás, formada pelas vozes, pelo Gan, pelos atabaques e também pelo Xequerê.

Neste livro, focado especialmente nos Ogans do Ilê Axe Jagun, casa de candomblé que fica no Taboão da Serra, na Grande São Paulo vem contar um pouco da história e vida deste profissional do sacerdócio afrodescendente.

Colaborando- na desmistificação da religião, em sua relação com o leigo, e também no diálogo do Ogan com os seus parceiros de fé, buscando compreender sua vivência na sociedade tanto dentro como fora do Candomblé. Pois tanto para o Alabê como para as outras pessoas, trazemos aqui a abertura de um diálogo que pode trazer benefícios tanto ao iniciando e iniciado, como a aqueles que têm o Candomblé como objeto de estudo, ou simplesmente aos simpatizantes.

A música e a musicalidade dos Ogans é construtora da Música Popular Brasileira, moderna,
antiga e do futuro, e também com grande influenciamento sobre a música clássica europeia
criada no nosso país.

Este livro, seus bate-papos e palestras ilustradas, vão discutir estes vários pontos em seus
textos, apresentando a comunidade brasileira o Ogan Alabê sua virtuosidade e seu
conhecimento como sacerdote dos Orixás.

COMPRE AQUI

Sobre o Autor

Neto do renomado Poeta recifense Solano Trindade e filho da Artista Plástica Raquel
Trindade Vitor da Trindade é formado em música popular e mestrando em Etnomusicologia
pela USP, iniciando em 2019.

É profissional de música brasileira há mais de 40 anos, ensinando, e se apresentando como
performer e músico através de 04 continentes, incluindo a Ásia, África, Américas e Europa.
No Brasil apresenta-se tambem como palestrante e professor de cultura afro brasileira, em
espaços como o Masp e Sesc e universidades como Uniso, Usp e outros dentro e fora do
estado de Sã Paulo. Em todos estes trabalhos Trindade está sempre preocupado de manter
viva a cultura afro-brasileira, seguindo os passos de seus antepassados Raquel Trindade,
Margarida Trindade e Solano Trindade.

Vitor tem 07 discos próprios gravados, AYRÁ OTÁ, Vitor da Trindade e Carlos Caçapava
(2001), REVISTA DO SAMBA (2002), OUTRAS BOSSAS (2005), REVISTA BIXIGA
OFICINA DO SAMBA (2006), HORTENSIA DO SAMBA (2011), SAMBA DO
REVISTA(2014), OSSÉ, Vitor da Trindade (2015).

Oganilu, o Caminho do Alabê é seu primeiro livro.
Arte:
Cassimano
Revisão:
Luiz Carlos Teixeira de Freitas
Ilustrações:
Maria Trindade
Apoio cultural:
Agência Popular Solano Trindade

terça-feira, 28 de maio de 2019

Verso em Versos na Casa de Cultura Campo Limpo

Sábado, 15 de JUNHO de 2019 de 14:30 a 16:00
Local Casa de Cultura Campo Limpo
Rua Rua Aroldo de Azevedo, 100 - São Paulo
Ponto de referência Terminal Campo Limpo
Produção El Choq! Produções
MAIS INFORMAÇÕES
www.versoemversos.com.br

quinta-feira, 23 de maio de 2019

Jongo Embu - Z'África Brasil projeto TERRITÓRIOS - Sesc Pompeia

Salve Salve família ! El Choq! Produções está participando da produção do projeto TERRITÓRIOS do Sesc Pompeia que vai acontecer dia 23 de maio até 26 de maio 2019.
Só show maravilhoso! Nós precisamente estaremos na missão das celebrações abaixo. VAMOOOO

* Sábado, 25 de maio de 2019 de 21:00 a 23:30
Territórios apresenta: Z'África Brasil e Banda Lançamento em Vinil duplo do álbum Antigamente Quilombos Hoje Periferia Participações Especiais Nalla - Lino Krizz - Thaide 

* Domingo, 26 de maio de 2019 de 18:00 a 21:00
Territórios apresenta Jongo Embu das Artes no Sesc Pompéia

#Elchoq 
#elchoqproducoes 
#agsolanotrindade 
#radiomixtura
#RedeSaoLuis


quarta-feira, 1 de maio de 2019

Mais uma estrela no céu: Beth Carvalho


A morte de Beth Carvalho nesta terça-feira, aos 72 anos, gerou uma série de homenagens de admiradores, amigos e colegas da artista, um dos mais importantes nomes do samba.

A sambista estava internada por causa de problemas na coluna que a atormentavam há anos.

Grande intérprete, Beth Carvalho ficou conhecida carinhosamente como a 'madrinha do samba', pelos talentos que descobriu e apadrinhou ao longo de sua carreira, como Zeca Pagodinho e o grupo Fundo de Quintal.

A sambista nasceu Elizabeth Santos Leal de Carvalho, no Rio, em 1946. A paixão pela música, ela herdou da família. Sua avó tocava bandolim e violão. Desde criança, ouvia Sílvio Caldas, Elizeth Cardoso e Aracy de Almeida, que eram grandes amigos de seu pai e que ele recebia em sua casa. E ali Beth ouvia, atenta, aos convidados do pai - e à cantoria.

Leia + no link abaixo:

https://www.terra.com.br/diversao/musica/cantora-beth-carvalho-morre-aos-72-anos-no-rio,5b3383bc17e256aee0ecc70db4cafb0buymzjsis.html




quinta-feira, 4 de abril de 2019

Breddas Warriors na Rádio Mixtura

ACONTECENDO AGORA! (
Quinta-feira, 4 de abril de 2019 de 19:00 a 22:00)
Breddas Warriors na Rádio Mixtura
Seletores: Gustavo Lopes, Rafael Moraes e Ricardo Carvalho
vai mandar só as pedradas.
www.radiomixtura.com.br

sábado, 23 de março de 2019

Breddas Warriors na Radio Mixtura

Quinta-feira, 4 de abril de 2019 de 19:00 a 22:00

Breddas Warriors na Radio Mixtura
Seletores: Gustavo Lopes, Rafael Moraes e Ricardo Carvalho vai mandar só as pedradas.
www.radiomixtura.com.br
BIG UP!
https://www.facebook.com/events/304049776940581/

quinta-feira, 7 de março de 2019

Mangueira campeã do carnaval 2019 - Enredo: História pra Ninar Gente Grande - Letra da música


A Estação Primeira de Mangueira foi a grande campeã do carnaval 2019, conquistando seu 20º [Enredo: História pra Ninar Gente Grande]
Letra da música

Mangueira, tira a poeira dos porões
Ô, abre alas pros teus heróis de barracões
Dos Brasis que se faz um país de Lecis, jamelões
São verde e rosa, as multidões

Mangueira, tira a poeira dos porões
Ô, abre alas pros teus heróis de barracões
Dos Brasis que se faz um país de Lecis, jamelões
São verde e rosa, as multidões

Brasil, meu nego
Deixa eu te contar
A história que a história não conta
O avesso do mesmo lugar
Na luta é que a gente se encontra

Brasil, meu dengo
A Mangueira chegou
Com versos que o livro apagou
Desde 1500 tem mais invasão do que descobrimento
Tem sangue retinto pisado
Atrás do herói emoldurado
Mulheres, tamoios, mulatos
Eu quero um país que não está no retrato

Brasil, o teu nome é Dandara
E a tua cara é de cariri
Não veio do céu
Nem das mãos de Isabel
A liberdade é um dragão no mar de Aracati

Salve os caboclos de julho
Quem foi de aço nos anos de chumbo
Brasil, chegou a vez
De ouvir as Marias, Mahins, Marielles, malês

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

MUDAS | falas são sementes em germinação - Slam das Minas - SP


Quando uma mulher escreve, uma revolução se inicia. Quando muitas mulheres escrevem numa antologia, a revolução está em pleno curso.

Vinte e cinco mulheres plantaram suas poesias em Mudas | falas são sementes em germinação (Conecta Brasil, 2018), uma compilação organizada pela coletiva Slam das Minas SP, batalha de poesias itinerante de São Paulo.

LEIA A MATÉRIA INTEIRA NO LINK ABAIXO

Por Patrícia Sodré
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...