terça-feira, 5 de julho de 2011

Velha Guarda da Nenê da Vila Matilde é a homenageada de Julho de 2011 no Samba do Monte.



Velha Guarda da Escola de Samba da Nenê da Vila Matilde é a homenageada do mês de julho de 2011 no Projeto Comunidade Samba do Monte.

DOMINGO 10 de Julho 2011.

+ Royce do Cavaco- homenageado do mês de julho de 2011 no Projeto Comunidade Samba do Monte .

+ESPECIAL:MES DOS BOMBEIROS

PART ESPECIAIS

* SP Retalhos

Servicos:
Local: Centro Cultural Monte Azul
Endereço: Av. Tomás de Souza, 552 - Jd. Monte Azul –São Paulo SP
Horário: a partir das 14h00min até as 20h00min
Entrada: 2 REAL

--
Jaime"Diko"Lopes (Produtor)Projeto Comunidade Samba do Monte

Tel: 11-58538- 089 /(OI) 11- 67696206 /(TIM) 11-81926297 / (NEXTEL) 77592982 ID121*63259
Website:
http://sambadomonte.blogspot.com/

4 comentários:

Merson disse...

Esse Samba do monte... é um espaço que está promovendo o nepotismo da família do Diko, porque as besteiras dessa vinheta são enormes... Só esqueceram de mencionar que tal samba não é dentro da comunidade, onde nesta perdura o tráfico de drogas, desempregados, má condiçoes de saúde... entre outros... Enquanto que a família desse Diko Lopes se beneficia vendendo bebida alcóolica para o público cativo... patifaria desse rapaz!!! É um projeto para a promoção de familiares e não da comunidade... É engraçado, este ano é o centenário de Nelson Cavaquinho, grande Nelson!!!, simplesmente não há mençao na programação desse mestre da MPB... Tal Diko alegou que a programação estava fechada!!! Absurdo!!! Quem é a Eliana de Lima ante aos precursores do Samba? Enfim, ele esquece de mencionar quais são os critérios para a eleição dos "homenagiados"... Não dá para acreditar que pessoas que lutaram contra um sistema (é o caso do pessoal dos anos 20 e 30) são reduzidos em um SIMPLES projeto em que pessoas nem pedem licença!!! Aí, esses grandes da música brasileira são imortais!!! Merecem respeito até debaixo do chuveiro!!! Desde já repudio a vinheta:
"O Samba do Monte é uma comunidade dentro da comunidade do bairro do Jardim Monte Azul, na zona sul de São Paulo, que tem como objetivo propiciar e favorecer o crescimento dos participantes como cidadãos, através de um compromisso de resgatar, apresentar e multiplicar atividades sócio-culturais com a população (qual população?). Sua manifestação dá-se através da arte, cultura, esporte, meio ambiente, saúde e outras questões sócio-culturais, unificando a vanguarda à velha guarda, pessoas da região ou não, independente de qualquer pré-requisito já estabelecido (valores, idade, raça, sexo, posição social, poder aquisitivo, nível de escolaridade, religião, preferência política (qual?... programação fechada?”
Seria necessário publicar todos os gastos do evento com o fim de mostrar TRASPARÊNCIA para a comunidade, uma vez que é usado o nome desta... Querem vender cerveja ou aproximar a comunidade dos meandros culturais por meio da música? Ou, simplesmente, atender pobremente a pobreza...

“O samba, a prontidão e outras bossa...
São nossas coisas, são coisas nossas... Muito nossa!!!” grande Noel...

Anderson disse...

Sr. Merson,

Este comentário se não fosse ridículo seria engraçado, o senhor frequenta as ações que o próprio projeto desenvolve com parceria do centro cultural e associação de moradores? Acredito que nunca foi até o centro cultural na quinta feira ver as aulas de dança afra ou no sábado de manhã na casa amarela ver as aulas de percussão (com Pitú Leal). E de conhecimento de todos que as pessoas que participam do projeto não são remuneradas, e fazem algo para que o bairro e comunidades vizinhas tenham esperança de ter cultura gratuita no bairro. O senhor se acha no direito de exigir que seja feito homenagem, o que o senhor já fez pelo seu bairro, acredito que nada, pois se o senhor desde criticar sem fundamentos estivesse repassando algum conhecimento para comunidade seria mais proveitoso. O senhor esta convidado a comparecer na sede do samba do monte para conferir, com seus próprios olhos, os custos e as despesas do projeto comunidade samba do monte.
Felizmente temos pessoas como você para acusar sem fundamentos, pois assim podemos mostrar para comunidade como o trabalho e serio.

Anderson Lopes.

dani japa disse...

Estou chocada como alguém perde tanto tempo para fazer criticas tão cheias de recalques a um projeto que é tão lindo,simples e beneficia tanto a cultura...A única coisa que se mostra ao ler as palavras desse Sr Merson (q deve ser fake rs) é seu enorme INVEJA de não fazer parte de algo tão bonito.Lamentável! Mas sabemos que o bom,o certo, o q faz bem, gera muita inveja,,,E a inveja é a maior demonstração de admiração rs FICA A DICA !
ass: DANIELA WATSON

Leonardo Brito disse...

Só pra maiores esclarecimentos para os amigos que desconhecem o projeto.

Sou morador do Jardim Monte Azul, e conheço o Jaime Lopes, mais conhecido como Diko. Particularmente Merson acredito que você desconhece o trabalho fomentado por essa galera envolvida no Projeto Comunidade Samba do Monte. Não sei qual é sua real desavença com o projeto, mas sei que o trabalho dos caras é sério. É tão serio que eles estão, na medida das possibilidades deles, trazendo ideias para dentro da comunidade na tentativa melhorar o ambiente socioeconômico desfavorável para a população local.

Estou de acordo com os projetos que a Comunidade Samba do Monte está implantando e fortalecendo o bairro e regiões vizinhas, tais como, samba-rock do monte, as aulas de dança afro, o hip-hop no monte trazendo alguns grupos de rap independente firmeza, a ideia de embelezar os postes de luz elétrica do bairro, a oficina cultural de percussão artesanal de material reciclável com o grande mestre de Pitu Leal, o cara que apresentou pros moleques da favela o grupo ‘O Rappa’ antes mesmo dos caras serem sucesso e o grande evento dessa história, as rodas de samba que acontece todo segundo domingo do mês.

E por essas e outra que digo o Projeto Comunidade Samba do Monte está no caminho certo e oferecendo novos caminhos para todos que (como diz o Diko) quiserem chegar no Monte! Man!

Leonardo Brito

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...